GESTÃO DE CLIMA E CULTURA ORGANIZACIONAL: Contribuições na potencialização do ambiente escolar

  • Cíntia Santana Alves Centro Universitário AGES
  • Andriele Morais de Santana Centro Universitário AGES
  • Liziane da Silva Andrade Centro Universitário AGES
  • Wendell Fren Costa dos Anjos Centro Universitário AGES

Resumo

O presente relato parte da necessidade de aproximar-se concretamente da gestão escolar, tendo em vista os benefícios provenientes para os acadêmicos de Licenciatura em formação, diante da disciplina Estágio Supervisionado no modo Gestão, onde, tal pesquisa origina-se de uma avaliação diagnóstica acerca do clima e cultura organizacional do Colégio Estadual Castro Alves, tendo em vista que as teorias salientam a importância do ambiente para o desempenho dos profissionais, logo a pesquisa se destinou a comprovar e concretizar tais informações. Desse modo, foi possível contribuir para o melhoramento do ambiente organizacional, consequentemente contribuir para a significação no espaço de trabalho e de aprendizagem que é a escola. Partindo desse pressuposto, a temática abordada representa um mecanismo eficaz para a aprendizagem significativa, bem como melhores interações dos profissionais, isso pois, é por meio de uma clima e cultura organizacional que contribuirá para melhores resultados desempenhados pela comunidade escolar.

Publicado
2019-05-03
Como Citar
ALVES, Cíntia Santana et al. GESTÃO DE CLIMA E CULTURA ORGANIZACIONAL: Contribuições na potencialização do ambiente escolar. Revista Saberes, [S.l.], v. 1, n. 8, p. p. 39-41, maio 2019. ISSN 2358-5986. Disponível em: <http://npu.faculdadeages.com.br/index.php/revistasaberes/article/view/171>. Acesso em: 12 ago. 2020.
Seção
Revisão Bibliográfica