TEORIA QUEER/ ESTUDOS TRANSVIADOS: Uma revisão teórica

  • Fabio Luiz Oliveira de Carvalho Centro Universitário AGES
  • Ramon Ferreira Santana Centro Universitário Ages
  • Dalmo de Moura Costa Universidade Estácio de Sá
  • Bruno de Oliveira Silva Faculdades Integradas de Cruzeiro

Resumo

Cada vez mais diversos setores de nossa sociedade se veem invadidos pelas demandas sociais apontadas pelos estudos de gênero e de sexualidade, mais modernamente conceituadas também pela Teoria queer, ou os chamados Estudos transviados. Para que estas questões sejam melhor absorvidas, o presente trabalho tem por objetivo apresentar uma revisão necessária para a compreensão dos preceitos teóricos básicos relacionados a estas discussões. Nesses termos, classificamos o presente artigo como uma revisão de literatura sistemática, tendo em vista a recuperação e a análise crítica dos estudos relacionados ao tema central aqui apontado. As principais referências que serviram de base para a presente análise foram Miskolci (2016), Foucault (2015a; 2015b), Sedgwick (2007), Butler (2016), Louro (2016) e Bento (2017).

Publicado
2018-07-25
Como Citar
DE CARVALHO, Fabio Luiz Oliveira et al. TEORIA QUEER/ ESTUDOS TRANSVIADOS: Uma revisão teórica. Revista Saberes, [S.l.], v. 1, n. 6, p. 52-64, jul. 2018. ISSN 2358-5986. Disponível em: <http://npu.faculdadeages.com.br/index.php/revistasaberes/article/view/110>. Acesso em: 22 out. 2018.
Seção
Revisão Bibliográfica