LIBRAS: Uma ferramenta para formação cidadã do surdo

Educação, identidade e um processo histórico.

  • Wandson Silva Santos Centro Universitário UniAges

Resumo

Este artigo tem como objetivo fundamental demonstrar a importância da libras para a formação da identidade surda, trazendo também um olhar histórico sobre a educação do surdo, tendo em vista que muitas vezes são tratados como incapazes portadores de patologias, e isto, foi o que levou a inclusão do surdo na sociedade a demorar muito a acontecer, além de demonstrar os equívocos das primeiras formas de tentativa de inclusão como a metodologia de ensino através do oralismo, e a evolução ocasionada pela libras e pelas educação especial.  Outro ponto fundamental a se falar é a identidade surda, movimento defendido pelos mesmos, assim como alguns equívocos e ignorância presente no cotidiano como a noção de surdo-mudo e a discriminação por conta dos estereótipos implantados pela cultura ouvinte. Assim, faremos estas e outras abordagens a respeito dos sujeitos surdos, uma vez que o mundo dos surdos e aqueles que desenvolveram algum tipo de problema auditivo, sendo necessário assim, um estudo e a sua compreensão para que corrobore com respeito e da solidariedade para com o surdo no exercício da alteridade.   Este artigo tem como objetivo fundamental demonstrar a importância da libras para a formação da identidade surda, trazendo também um olhar histórico sobre a educação do surdo, tendo em vista que muitas vezes são tratados como incapazes portadores de patologias, e isto, foi o que levou a inclusão do surdo na sociedade a demorar muito a acontecer, além de demonstrar os equívocos das primeiras formas de tentativa de inclusão como a metodologia de ensino através do oralismo, e a evolução ocasionada pela libras e pelas educação especial.  Outro ponto fundamental a se falar é a identidade surda, movimento defendido pelos mesmos, assim como alguns equívocos e ignorância presente no cotidiano como a noção de surdo-mudo e a discriminação por conta dos estereótipos implantados pela cultura ouvinte. Assim, faremos estas e outras abordagens a respeito dos sujeitos surdos, uma vez que o mundo dos surdos e aqueles que desenvolveram algum tipo de problema auditivo, sendo necessário assim, um estudo e a sua compreensão para que corrobore com respeito e da solidariedade para com o surdo no exercício da alteridade.   

Referências

BATISTA, Sérgio Murilo Rodrigo; FRANÇA de Marcellino. Família de pessoas com deficiência desafios e superação Revista de divulgação técnico-científica do ICPG Vol. 3 n. 10 - jan.-jun./2007 ISSN 1807-2836.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado, 1988.

CARVALHO, Rosita Elder. O Direito de Ter Direito. In: Salto para o futuro. Educação Especial: Tendências atuais/ Secretaria de Educação a Distância. Brasília: Ministério da Educação, SEEP, 1999.

FIGUEIRA, Alexandre dos Santos. Material de apoio para o aprendizado de libras. São Paulo: Phorte, 2011.

GESSER, Audrei. Libras? Que língua é essa? Crenças e preconceitos em torno da língua de sinais e da realidade surda. São Paulo: Parábola Editorial, 2009.

JANUZZI, Gilberta de Martinho. A educação do deficiente no Brasil: dos primórdios ao início do século XXI. Campinas. Autores Associados, 2004.

PINTO, Cibele Lemes; NORONHA, Eliane Gonçalves. Educação Especial e Educação Inclusiva: Aproximações e Convergências. S/N.

DECLARAÇÃO de Salamanca sobre Princípios, Política e Prática em Educação Especial. Salamanca: S.l., 1994.

SANTOS, Elias Souza dos. Comunidade surda: a questão das suas identidades. In: DÍAZ, F., et al., org. Educação inclusiva, deficiência e contexto social: questões contemporâneas [online]. Salvador: EDUFBA, 2009.
Publicado
2018-07-31
Como Citar
SANTOS, Wandson Silva. LIBRAS: Uma ferramenta para formação cidadã do surdo. Revista de Educação ReAGES, [S.l.], v. 1, n. 2, p. 32-42, jul. 2018. ISSN 2526-6594. Disponível em: <http://npu.faculdadeages.com.br/index.php/revistadeeducacao/article/view/75>. Acesso em: 16 dez. 2018.
Seção
Artigos Originais